=" BLOG DO JONYS: SEM SUPRESAS RIVER X ALTOS NA FINAL DO TURNO.

LEIA A BIBLIA SAGRADA

LEIA A BIBLIA SAGRADA
É SALVAÇÃO

sábado, 6 de maio de 2017

SEM SUPRESAS RIVER X ALTOS NA FINAL DO TURNO.

CLÁSSICO MAIÚSCULO
Ninguém disse que seria fácil. E o clássico River-PI x Piauí andou longe de ser uma partida qualquer. Uma dramática prorrogação depois de um jogo exaustivamente corrido no estádio Lindolfo Monteiro, na noite deste sábado, selou a classificação do Galo para a final do returno do Campeonato Piauiense. Depois de abrir 2 a 0, o Galo viu um aguerrido Piauí empatar depois do cartão vermelho de Tiuí, aos 19 do segundo tempo. Na prorrogação, o Rubro-Anil teve a expulsão de Ricardo Oliveira. O Tricolor, assim, controlou o 2 a 2 e vai jogar a decisão da Taça Cidade Teresina com o Altos, na quarta-feira, às 20h, no Lindolfo Monteiro. Os times usaram a cabeça para marcar os gols. No primeiro tempo, aos 19, Viola aproveitou cruzamento de Keninha em cobrança de falta e abriu o placar. O zagueiro Gabriel também subiu firme e cabeceou para as redes, aos 35, após escanteio. No segundo tempo, foi a vez do Piauí: Marcelo, aos 27, colocou para dentro depois de sete cobranças seguidas de escanteio. Aos 32,o empate – novamente de cabeça – do grandalhão Gleydisson.    
    MATÉRIA GLOBO .COM

Depois de passar o primeiro turno todo na zona do rebaixamento, o Piauí fez um returno digno da sua história: vibrante. Aguerrido e com a cara do técnico Fabiano Macau, o Enxuga Rato mostrou um time competitivo, bem defensivo e objetivo quando ataca. Mesmo eliminado, a campanha de recuperação merece aplausos. Clássico com os primeiros 45 minutos acelerados. O Piauí começou melhor – até surpreendeu pela força e intensidade no ataque. Conduzido por Dudu e Nil, o Piauí encurralou o Tricolor, que veio se soltar na marca dos 20. Certeiro, o Galo usou a cabeça para abrir o placar: cobrança de falta milimétrica de Keninha, cabeçada de Viola. Esse, aliás, foi o último toque na bola do meia, substituído por Osmar depois de lesão. Mesmo com 1 a 0, o Rubro-Anil partiu para o ataque e deu liberdade ao adversário. Em uma delas, Rodrigo Tiuí ficou de frente para o gol, Lucas fez excelente defesa no canto. No lance seguinte, aos 35, novamente o River-PI de Hungaro usou a cabeça: cobrança de escanteio pela direita, testada do zagueiro Gabriel.

     Ninguém esperava uma reação do Piauí com 2 a 0 contra no placar. Mas foi o que aconteceu, muito por um Galo que deixou o time de Macau atacar. Se aproveitando de um Galo que administrava o resultado, o Enxuga Rato foi buscar o empate. Com um a mais desde os 19 minutos, soube muito bem aproveitar a vantagem numérica em campo e explorou uma vulnerabilidade do Tricolor: a bola aérea. Com gols do zagueiro Marcelo e do atacante Gleydisson, fez o 2 a 2. Empate merecido. Aos 34, Gleydisson teve a chance da virada, porém parou nas pontas dos dedos do goleiro Leandro.  
 A PRORROGAÇÃO

Não deu para exigir muito na prorrogação. O Piauí perdeu logo Ricardo Oliveira depois do atacante receber o segundo amarelo. Com os times abertos, espaços apareceram –mas faltou perna. Viola e Tety poderiam ter garantido a vitória, mas desperdiçaram. O Piauí com força na bola aérea viu o corpo não aguentar: Gleydisson, Alisson e o time todo deixaram o gramado com esgotamento físico. 


FICHA TÉCNICA
RIVER 2x2 PIAUÍ (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 2° Turno - Taça Cidade de Teresina - Fase Semifinal); Data: 06/05/2017 (sábado à tarde); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina - PI); Arbitragem: Antônio Santos Nunes, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e João Thiago Carvalho Reis.
Gols: Viola (cabeça) 18 e Gabriel (cabeça) 34 do 1° tempo; Marcelo (cabeça0 27, Gleydison (cabeça) 31 do 2°.
Obs.: como o empate no tempo normal não definia o time classificado para a final, o jogo foi prorrogado em mais 30 minutos, permanecendo o placar de 2 a 2, agora com vantagem para o River, que ficou com a vaga para a final do 2° turno, por ter melhor índice técnico que seu adversário.
Cartões amarelos: Amorim, Osmar, Wesley, Gabriel, Rodrigo Tiuí, Juninho Paraíba, Tety (RIV), Sorín, Gleydison, Caíque, Ricardo Oliveira, Marcelo e Nil (PIA),
Expulsão: Rodrigo Tiuí, aos 19 do 2° (segunda advertência), e Ricardo Oliveira, aos 3 do 2° da prorrogação.
River - Leandro; Amorim (Rossales), Brizuella, Gabriel e Wesley; Amarildo, André Luiz (Tety), Humberto e Keninha (Osmar); Rodrigo Tiuí e Viola. Técnico: Eduardo Pedro Hungaro.

Piauí - Lucas Conceição; Sorin (Ricardo Oliveira), Marcelo, Alisson e Cinelton; Caíque, Dudu, Wander e Testinha; Breno (Gleydison) e Nil. Técnico: Marcos Antônio dos Santos (Marcão).

Nenhum comentário:

Postar um comentário