=" BLOG DO JONYS: PARNAHYBA VENCE FLAMENGO EM TERESINA E ESTA NA FINAL DO TURNO.

LEIA A BIBLIA SAGRADA

LEIA A BIBLIA SAGRADA
É SALVAÇÃO

sábado, 18 de março de 2017

PARNAHYBA VENCE FLAMENGO EM TERESINA E ESTA NA FINAL DO TURNO.

A vitória contra o Flamengo-PI por 2 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Lindolfo Monteiro, colocou o Parnahyba na final do primeiro turno do Campeonato Piauiense. Nos 90 minutos, o técnico Fernando Tonet mostrou frieza e calma à beira do campo, apesar do maremoto de sentimentos gerados na semifinal. Comemorou muito o bonito gol de Dunga, em cobrança de falta perfeita. Franziu a testa com o empate – minutos depois de abrir o placar. E voltou a vibrar com a bola na rede de Gilmar Bahia – também em bola parada, no segundo tempo. No fim, abraçou o elenco e terminou de sorrisão no rosto. Para ele, a classificação foi justa. Mas é precisou bem mais na decisão. Assista aos gols no vídeo acima. 
Na entrevista coletiva, Tonet aprovou o desempenho do Parnahyba na bola parada. Contudo, alertou para a necessidade de ter uma estratégia diferente na decisão.   
Fernando Tonet, técnico do Parnahyba (Foto: Renan Morais)Fernando Tonet, técnico do Parnahyba (Foto: Renan Morais)
- Não foi nem fácil, nem emocionante. Digo que foi difícil, muito difícil. Conversava sobre isso na palestra antes do jogo, na viagem dentro do ônibus, que o jogo seria decidido em detalhes. Uma partida de semifinal as equipes jogam com mais segurança para não ser surpreendido. Em minha opinião, foi um jogo muito lento no primeiro tempo, até desanimador para quem está vendo a partida. Felizmente, a bola parada – que vinha cobrando e trabalhando com os jogadores – para eles terem atenção, pois o detalhe faz a diferença. Felizmente fez para nós – explicou Tonet, completando sem seguida:  
- Esse time pode dar mais. Depender da bola parada vai chegar um dia que não dará certo. É o nosso forte, treinamos muito, mas não é o único ponto que torna um time decisivo. Tem que jogar mais por dentro do campo, pelos lados, ter mais posse de bola. Isso ficou faltando.  
O Parnahyba abriu o placar com Dunga, aos 23. Três minutos depois, levou o empate. Curiosamente, na bola parada, em cobrança de escanteio – principal força do Parnahyba. Com uma linha de defesa bem armada, o time de Tonet barrou o Fla-PI. Porém, lá na frente, não encaixou um bom dia. Com poucas finalizações, o Tubarão levou a classificação para casa na bola parada.  
Flamengo-PI x Parnahyba  (Foto: Josiel Martins)Jogadores do Parnahyba comemoram classificação (Foto: Josiel Martins)

Novamente com o Parnahyba, Tonet volta à final de turno do Piauiense. Em 2014, acabou vice-campeão, derrotado por 3 a 0 pelo Piauí no estádio Verdinho, em Parnaíba. A ocasião foi lembrada na coletiva.  
- É Fazer diferente, é ganhar o título, unicamente o título. Trabalhar e fazer o melhor na semana de treino para surpreender o adversário – disse.  
Fernando Tonet, técnico do Parnahyba (Foto: Josiel Martins)Fernando Tonet abraça o auxiliar técnico após vitória (Foto: Josiel Martins)
Preferência por adversário? River-PI ou Altos? Tonet brincou.  
- A preferência é que vença o turno (risos), independente de adversário. São dois grandes adversários de qualidade, vimos isso na Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Tenho acompanhado jogo a jogo – concluiu.  
Veja outras respostas de Fernando Tonet no pós-jogo
SEM FABIANO - É um desfalque considerável. Como nós temos um elenco que mostrou ter peças no banco que podem corresponder dentro de campo – um exemplo é o Yerien, que coloquei no segundo tempo na semana passada e ele acabou decidindo para nós. Temos jogadores de nível, não temos o ideal para um campeonato não disputado como esse, mas temos jogadores para substituí-lo.
FLAMENGO 1x2 PARNAHYBA (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 1° Turno - Taça Estado do Piauí - Fase Semifinal); Data; 18/03/2017 (sábado à tarde); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina); Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Alisson Lima Damasceno.
Gols: Dunga (falta) 23 e Miltão (cabeça) 26 do 1° tempo; Gilmar Bahia 15 do 2°.
Cartões amarelos: Alessandro, Leo Maceió (FLA), Siderval, Yerien e Fabiano (PAR).
Flamengo - Santos; Barata, Miltão, Andson (Vitor Recife) e Rafinha (Joninha); Alessandro, Lima, Leo Maceió e Capela; Carioca (Halyson cacheado) e Fabinho. Técnico: Cicero Monteiro Leite.
Parnahyba - Alex; Tiago Granja, Gilmar Bahia, Renan e Siderval (Dênis); Ramón, Tininho (Yerien), Marcos Gasolina e Dunga; Jânio Daniel (Luciano) e Fabiano. Técnico: Fernando Tonet.
IMAGENS: DE DUDU PAPARAZZO















Nenhum comentário:

Postar um comentário